Parece-me fácil 

viver sem ódio, 

coisa que nunca 

senti. Mas viver 

sem Amor

acho impossível

 

(Jorge Luiz Borges)

 

 

 

 

 
 

03/08/2010